Tuesday October 3rd || de Morgan Dierstein

Quem produz conteúdo está sempre focado em seus leitores – especificamente na experiência de quem consome tal conteúdo ou se envolve com ele.

O engajamento da audiência é uma prioridade para os produtores – e agora, eles estão se preparando para a próxima geração.

De acordo com o Relatório de Notícias Digitais da Reuters Institute, com tanto conteúdo saturado por aí, a mudança de foco agora é oferecer a qualidade em oposição aos grandes números, independentemente do tipo de conteúdo.

Há também um novo foco no engajamento da audiência, na direção do alcance da qualidade, e não apenas nos números. E, ainda, na construção de hábitos através de notificações por e-mail e celular.

Há um novo foco no engajamento da audiência, na direção do alcance da qualidade, em vez de apenas grandes números.” – Reuters Institute

Recentemente, o Global Editors Network Editors Lab, também explorou o futuro do engajamento da audiência.

Sendo assim, recolhemos informações do relatório da Reuters e as descobertas do Global, para identificar os três principais insights que a nova geração de produtores está definindo em termos de engajamento do público.

Novas maneiras de ouvir seu público

A ideia de ter o feedback da sua audiência não é nova – é lógico que, para melhor engajar suas comunidades, você precisa ouvir o que elas querem. Novos formatos de conteúdo oferecem mais oportunidades de engajamento e feedback dos seus públicos.

E os editores deveriam pensar mais sobre isso. Guie as suas chamadas para a interagir com a audiência: se você publicar uma declaração sem resposta aberta, você intimidará usuários e leitores.

Pesquisas são uma boa maneira de superar isso. Coloque o seu público em primeiro lugar, ouvindo as suas redes sociais e comunidades em fóruns: se o seu conteúdo está tendo muitos comentários, eles podem ser uma mina de ouro.

Crie conteúdo autêntico para cada canal de distribuição: o seu público será diferente em cada um dos seus canais, e você deve atender especificamente a eles. Não negligencie nada: as opiniões e os pontos de vista do seu público nunca devem ser ignorados.

Tenha mais dados sobre seu público

Na última pesquisa do Instituto Reuters, eles descobriram que trazer mais dados em tempo real é algo importante para 76% dos entrevistados:

Mais de três quartos (76%) dos entrevistados disseram que seria fundamental melhorar o uso e a compreensão dos dados na hora de criar conteúdo“.

As informações do Global confirmam os dados da Reuters. Mike Sukmanowsky, vice-presidente de produtos da empresa de análise social, Parse.ly, falou sobre sinais comportamentais:

Os dados comportamentais podem ser surpreendentes. Você pode ter muitos visitantes com um engajamento baixo, e você pode ter alguns visitantes com um alto envolvimento, especialmente se o seu conteúdo for importante para pequenas comunidades ou grupos de interesse“.

Se eles estão olhando as taxas de engajamento ou o tempo gasto com o conteúdo, esses dados em tempo real estão informando as decisões de conteúdo. Apenas os dados não são suficientes, as editoras estão dando um passo adiantado e respondendo com expectativa para o futuro dos principais formatos de conteúdo.

Se um leitor permanecer 5 segundos em uma página, você pode chamar isso de salto. Mas e se essa pessoa permanecer 45 segundos? Mesmo que ela não leia todo o artigo, é uma visita que conta e precisa ser reconhecida. Uma taxa de conclusão real – isso pode ser muito mais interessante “.

Novos formatos de conteúdo para o engajamento

Todos ouvimos falar dos futuros formatos de conteúdo em vídeo, histórias interativas, dispositivos ativados por voz e, eventualmente, a inteligência artificial – eles estão aí e você precisa se preparar.

Mas não apenas pensar nos formatos, mas sim, pensar nas novas oportunidades que esses novos formatos podem trazer. Por exemplo, a Mic está investindo muita energia em vídeos sociais no Instagram, visando grupos de interesse específicos e comunidades.

Em uma entrevista, a Editora da Mic insistiu na individualidade de cada plataforma:

Cada plataforma é única, específica. Logo, você deve criar conteúdo autêntico para cada plataforma“.

O ideal seria ter um responsável por cada formato, o que está se tornando cada vez mais necessário à medida que os formatos se tornam mais únicos. Se for possível, adote esta medida o quanto antes!

A importância do engajamento da audiência nunca mudará para os editores e produtores – mas o que vai mudar é a forma como esse público se envolve com o conteúdo à medida que a tecnologia evolui. A próxima geração de produtores está quase pronta, e você?

A Taboola é a principal plataforma de descoberta de conteúdo do mundo, que serve recomendações de 360B para mais de 1B de visitantes únicos a cada mês nos sites de editoras mais inovadoras da web. Para saber mais sobre como o Taboola pode ajudá-lo, entre em contato conosco!

Morgan Dierstein

Morgan é Media Sales Manager na Taboola, ajudando os clientes a refinar e otimizar sua estratégia de conteúdo em toda a rede da Taboola. Nascido em Paris, ele veio para Taboola depois de 10 anos como empreendedor e estrategista digital, especializado em negócios emergentes na Europa e nos Estados Unidos. Possui MBA em Gestão de Projetos na FGV Rio. Ele é apaixonado por futebol, fotografia e histórias. https://br.linkedin.com/in/morgandierstein