Monday January 15th || de Morgan Dierstein

Por: Andrew Naoum

Para os publishers não há escassez de parceiros de monetização ansiosos para preencher sua carteira – mas, no fim do dia, há tempo apenas para pesquisar e focar na melhor maneira de monetizar sua publicação.

No mundo digital, onde propagandas em banners já não dão o costumeiro retorno, como otimizar sua página? De que modo encontrar um parceiro para maximizar sua receita, trabalhar a seu favor e deixar que você foque no conteúdo que fará com que seus usuários retornem cada vez mais?

Eu encorajo os publishers a pensarem em termos de sessões e até no valor de cada usuário. Aqui estão alguns pontos importantes a se considerar quando se avalia os parceiros de monetização:

  • Escolha um parceiro com a especialização em mobile que você precisa.

  • Esteja ciente do dilema de otimização de rendimento – a que ponto você está superestimando a otimização ou experimentando uma diminuição do retorno?

  • Como usar de modo vantajoso os dados que seu parceiro possui.

  • O que um parceiro de monetização realmente significa para sua experiência de usuário (UX).

Procure por essas qualidades e você terá menos dor de cabeça durante o processo e consequentemente, verá aumento de receita e maior engajamento do usuário a longo prazo.

Priorize o mobile em relação a outras plataformas

Se você viu a recente análise de 200 slides sobre a indústria digital feita por Mary Meeker, a maior parte de consumo e tempo gasto com conteúdo foi transferido para o mobile. O Facebook é, hoje, o maior indicativo de tráfego – a maioria deste é proveniente do mobile.

Ainda assim, a receita mobile por mil (RPM) é uma fração advinda do desktop. Tecnologias como o Facebook delimitam instantaneamente que tipo de propaganda pode ser usada neste ambiente.

Dados do eMarketer preveem que a participação do mobile no gasto total com anúncios irá de pouco menos de 25% este ano a quase 40% em 2021.

Conclusão – Se você não conseguir monetizar completamente seu inventário do mobile, você está deixando dinheiro para trás. Certifique-se que seu parceiro de monetização tenha extensa capacidade e vasta rede de mobile.

Na Taboola, os publishers com quem trabalho diariamente tem, em média, mais de dois-terços de seu tráfego proveniente do mobile. Alguns conseguem entre 85% e 90% de seu tráfego a partir desse tipo de plataforma, mas 85% desses usuários (especialmente aqueles vindos do Facebook) nunca chegam ao final do artigo.

O maior desafio é manter esses usuários engajados. Publishers e anunciantes devem trabalhar juntos para criarem experiências nas quais os usuários queiram permanecer mais tempo. O melhor parceiro de monetização não irá somente trazer a demanda certa, mas também ajudará a criar formatos e experiências que irão engajar até os usuários mais inconstantes.

Menos é mais quando o assunto é otimização de rendimento

Pode ser tentador trabalhar com muitos parceiros de monetização diferentes no intuito de trazer tráfego e receita ao seu site ou aplicativo de celular. O argumento seria que quanto mais parceiros, mais competição por seu inventário. E quem não quer muita gente competindo por seu produto?

No entanto, essa não é a melhor escolha. Associar-se com poucos parceiros que possuam capacidades diversas é a melhor solução, pois reduz o risco em relação ao conteúdo, às unidades de vídeo e, ainda mais, de “canibalização” um do outro.

Se há muitas unidades em uma mesma página, há retornos decrescentes, à medida que eles começam a roubar cliques um do outro, a página se torna mais lenta pois cada parceiro utiliza a mesma demanda de fontes e aumenta a probabilidade da existência de tecnologias conflitantes.

Não otimize por pouco. Quando você pode focar em dirigir sua audiência e seu engajamento para auxiliar o aumento de seu negócio, quanto mais tipos de demanda um parceiro puder trazer à mesa, melhor deverá ser a otimização em relação ao rendimento global versus métricas individuais, como receita por mil (RPM), receita por sessão e, mais importante, receita por usuário. Isso irá ajudar, também, a encontrar um ROI positivo ao alavancar campanhas de distribuições pagas.

Procure muitos dados (e os use)

Uma das propostas de valor mais negligenciadas que um parceiro pode trazer ao negócio são os dados. Ser maior tem benefícios, o que significa que é inteligente trabalhar com um parceiro grande e que tenha acesso a dados em larga-escala aos quais você possa entrar em contato.

Como publisher, você enxerga somente um pequeno segmento da internet, mas o parceiro certo irá compartilhar insights e dados de toda a web que irão ajudá-lo a moldar e otimizar suas estratégias de monetização e conteúdo.

Quanto mais dados um parceiro possui e mais usuários ele vê a cada mês, mais personalizado será o conteúdo recomendado e sua propaganda, e melhor será o UX e o engajamento. Isso vai muito além do criativo, pois os melhores parceiros estarão focados nas devidas aplicações e, também, nos formatos das unidades.

Proteja a experiência da sua audiência

Talvez o mais importante ao escolher um parceiro de monetização é que seu UX permaneça positivo e alinhado com a imagem de sua marca.

Você deve demandar transparência e controle sobre todo o conteúdo que vem de seu parceiro e certificar-se de que ele siga as diretrizes de layout nativas relacionadas à rotulagem clara e outras práticas publicitárias determinadas pela Comissão Federal do Comércio (Federal Trade Commission) e pela Divisão Nacional de Publicidade (National Advertising Division), agências reguladoras norte-americanas.

Os melhores parceiros, incluindo Taboola, normalmente vão além do que é exigido pelos padrões da indústria e mantém restrições e políticas adicionais sobre o que pode ou não ser promovido em sua rede.

Usamos nossos dados e escala para otimizar o rendimento em mobile e desktop com o Taboola Feed. Isso traz uma experiência parecida com a descoberta social para os consumidores e novas oportunidades de geração de receita e audiência para os publishers.

Taboola é a principal plataforma de descoberta de conteúdo, servindo a mais de 360 bilhões de recomendações editoriais e de vídeos para mais de 1 bilhão de visitantes únicos por mês em alguns dos sites de editores mais inovadores da internet. Para saber mais sobre como Taboola pode te ajudar, contate-nos.

Morgan Dierstein

Morgan é Media Sales Manager na Taboola, ajudando os clientes a refinar e otimizar sua estratégia de conteúdo em toda a rede da Taboola. Nascido em Paris, ele veio para Taboola depois de 10 anos como empreendedor e estrategista digital, especializado em negócios emergentes na Europa e nos Estados Unidos. Possui MBA em Gestão de Projetos na FGV Rio. Ele é apaixonado por futebol, fotografia e histórias. https://br.linkedin.com/in/morgandierstein