Thursday June 15th || de Morgan Dierstein

O marketing de conteúdo é uma das principais estratégias utilizadas no marketing digital. Ele consiste no engajamento de um cliente ou de um potencial cliente com um conteúdo produzido para informar, educar ou entreter.

Por isso é considerado uma das grandes tendências da Transformação Digital.

Há diversos benefícios que o marketing de conteúdo pode trazer para uma empresa, além, é claro, do aumento das vendas.

Uma das vantagens é a melhora no relacionamento com os clientes. É uma maneira de estar em contato com seu público de forma mais pessoal sem o velho modo de oferecer produtos e serviços a todo momento.

Além disso, ajuda no ranqueamento nos motores de busca, pois o conteúdo é um dos parâmetros levados em consideração pelo Google quando o assunto envolve técnicas de Search Engine Optimization (SEO).

Como consequência, conquista-se mais tráfego para o seu site, para o seu blog e para as suas mídias sociais.

E, como se não bastasse, a obtenção de leads é impressionante com o marketing de conteúdo. Para você ter uma noção, as empresas que adotam as estratégias de marketing de conteúdo geram em média 5 vezes mais leads, de acordo com o relatório Content Trends.

Para te ajudar a fazer parte desse time de empresas que estão conseguindo sucesso com o marketing de conteúdo, elaboramos um guia completo para você iniciar a sua estratégia. Acompanhe:

Taboola

Faça um planejamento

O planejamento é um processo importante em todo projeto de uma empresa. E, para desenvolver uma estratégia de marketing de conteúdo, ele também é essencial.

Podemos dizer, inclusive, que ele é a parte principal de uma ação. E você acredita que muitas empresas não dão a devida importância a ele?

É verdade que, para a sua elaboração, é necessário dispor de tempo. Mas é por causa do planejamento que:

  • os objetivos ficam mais bem definidos;

  • os caminhos se tornam mais claros;

  • os gastos com processos desnecessários durante uma campanha são evitados.

Mas até para fazer o planejamento é preciso saber planejar. Por isso, listamos algumas questões que não podem faltar na sua elaboração:

Crie a sua persona

Muita gente confunde persona com público-alvo. E, na verdade, são coisas diferentes.

A persona é um personagem semi-fictício do seu cliente ideal.

Para criar uma persona, é preciso usar as características comuns da definição do público-alvo — como sexo, idade e profissão.

Mas, além disso, a criação da persona depende de peculiaridades como:

  • quais são os seus objetivos, os seus desafios e as suas dificuldades;

  • quais são os tipos de informações que consome;

  • e quem geralmente influencia as suas decisões.

Dá para notar que a persona é um personagem mais completo, não é mesmo?

Com essas informações em mãos, você definirá com mais assertividade o tom, os temas, o estilo e outras estratégias que devem ser levadas em consideração na produção de conteúdo.

Defina os seus objetivos

Você sabe o que realmente quer alcançar com as estratégias de marketing de conteúdo?

É preciso ter isso muito bem definido, visto que são eles um dos principais pontos norteadores de todo o processo.

É imprescindível propor entre 1 e 2 objetivos acessíveis. Assim é possível se concentrar neles e alcançar bons resultados.

Veja alguns objetivos que o marketing de conteúdo possibilita alcançar:

  • construir percepção da sua marca e da sua autoridade nos temas tratados;

  • melhorar ranqueamento nas ferramentas de busca;

  • converter e nutrir leads;

  • converter novos clientes;

  • usar o conteúdo como suporte e atendimento ao cliente;

  • conquistar audiência;

  • fidelizar clientes.

Eleja os KPIs

Key Performance Indicator é o termo em inglês da sigla KPI, que nada mais é do que um indicado-chave de desempenho.

Sabemos que as ferramentas de comunicação disponibilizam uma série de dados sobre os resultados de uma campanha. Mas quais dessas métricas são realmente importantes para as suas estratégias?

Essa é a diferença do KPIs. São os indicadores primordiais definidos por você.

Eles otimizam o seu tempo e evitam que centenas de relatórios sejam necessários — e que, muitas vezes, contam com informações que não fazem a menor diferença para a sua campanha.

Produza conteúdo

De nada adianta criar um conteúdo pouco informativo ou desinteressante para o seu público. Ou pior: copiar publicações de outras empresas e postá-las nas suas mídias sociais.

O conteúdo precisa ser útil e relevante para sua persona. E, claro, original.

Separamos algumas dicas na hora de produzi-lo. Veja:

  • coloque-se no lugar do seu cliente na hora de definir temas. O que você gostaria de aprender? Quais são as suas dificuldades? Evidentemente que isso tudo deve ser atrelado aos assuntos referentes ao mercado de atuação da sua empresa;

  • leve em consideração a sua persona na hora de definir o estilo da linguagem. Se a sua audiência é composta por advogados, você pode usar termos mais técnicos da área, que talvez estudantes não compreenderiam, por exemplo;

  • as técnicas de Search Engine Optimization (SEO) são indispensáveis para que a sua página apareça nos primeiros resultados em um mecanismo de busca, como o Google. Mas nada de pensar a todo momento em como inserir as melhores palavras-chaves para aparecer nas pesquisas e se esquecer da qualidade do conteúdo;

  • inove sempre! Não fique preso a um único formato de conteúdo. A internet possibilita uma infinidade de tipos de publicações, como vídeos, imagens e podcasts;

  • a frequência é fundamental. Para te ajudar na organização, invista em um calendário editorial contendo informações de pautas, prazos para a produção de conteúdo, datas de publicação e outras informações que podem te ajudar nesse controle.

Divulgue o conteúdo

O sucesso de uma campanha não depende apenas de um bom planejamento e da elaboração de um belo conteúdo.

A divulgação também é parte obrigatória nesse processo para fazer com que o maior número de usuários tenha acesso ao seu conteúdo.

Por meio do Facebook

As redes sociais têm um grande número de visitas todos os dias. Para se ter uma ideia, o Facebook é a maior rede social do mundo, com quase 2 bilhões de pessoas.

Há várias formas de aproveitar essa grande audiência do Facebook para divulgar os seus conteúdos.

A 1ª delas é publicar na fanpage da sua empresa. Esses posts devem conter títulos e imagens atrativas, indicando o link para onde o usuário deverá ser redirecionado caso queira saber mais sobre o conteúdo.

Há a possibilidade, também, de deixar um post fixo no topo da sua página. Assim, a cada novo conteúdo produzido, é interessante utilizar esse recurso para tornar o material mais visível para os usuários.

Ah, e não precisa postar o conteúdo apenas 1 vez. Você pode — e deve — publicar em outros momentos, sempre em dias e em horários estratégicos para alcançar aquelas pessoas que ainda não viram.

Para quem pretende investir um pouco mais, é possível fazer publicações pagas com o Facebook Ads (ferramenta do Facebook para fazer campanhas de anúncios pagos).

Nesse tipo de anúncio você alcança um grande número de pessoas, de acordo com a segmentação do público que deseja. É um ótimo investimento, pois o custo não é alto.

Por meio do e-mail marketing

Engana-se quem pensa que o e-mail marketing é sinônimo de spam. Enviado de maneira correta, ele pode ser uma excelente ferramenta para a divulgação dos seus conteúdos.

Segundo a CampaignMonitor, um e-mail é 40 vezes mais efetivo para a conquista de novos clientes em relação às redes sociais.

Veja algumas regrinhas básicas de como fazer o seu uso corretamente:

  • não compre listas de e-mails, pois elas não funcionam e podem destruir a sua reputação;

  • envie mensagens com uma linguagem mais pessoal, utilizando o seu nome em vez do nome da sua empresa;

  • personalize os e-mails com o nome da pessoa que vai recebê-los;

  • crie títulos que atraiam a sua persona e que despertem a curiosidade para abri-los;

  • não envie tantos e-mails em pequenos intervalos de tempo;

  • evite e-mails longos demais e vá direto ao ponto;

  • faça testes! Envie e-mails com formatos diferentes e verifique quais tipos tendem a dar um retorno mais positivo.

Por meio de guest posts

O guest post consiste em publicar os seus conteúdos em um site ou em um blog de outras pessoas ou de outras empresas.

Assim, você pode promover o seu conteúdo e, ao mesmo tempo, expandir a sua rede de contatos.

Além disso, você pode trabalhar com links que redirecionam os usuários para o seu blog.

Mas, para isso, é preciso que sejam pesquisados sites e blogs que sejam relevantes no mercado.

Essa análise deve ser feita também em questões como audiência, número de comentários, quantidade de seguidores etc.

É importante que você forneça conteúdo para páginas que tenham relação com o seu público. De nada adianta escrever sobre pesca, por exemplo, para quem não tem o menor interesse no assunto.

Ofereça espaço para o dono da outra página publicar conteúdos valiosos e relevantes. Além de ser uma troca justa, você deixa o seu blog sempre atualizado sem precisar produzir conteúdos por sua conta.

Pronto, tudo certo para você começar a traçar sua estratégia de marketing de conteúdo!

Só não se esqueça de mensurar os resultados das campanhas. Felizmente, a internet dispõe de diversas ferramentas para que você consiga medir com exatidão o que realmente tem dado certo ou não.

Dessa maneira, é possível analisar quais ações têm tido um retorno positivo e aprimorá-las ou mudar aquelas que não têm trazido benefício algum.

Esse conteúdo foi produzido por André Mousinho, da equipe da Rock Content!

Morgan Dierstein

Morgan é Media Sales Manager na Taboola, ajudando os clientes a refinar e otimizar sua estratégia de conteúdo em toda a rede da Taboola. Nascido em Paris, ele veio para Taboola depois de 10 anos como empreendedor e estrategista digital, especializado em negócios emergentes na Europa e nos Estados Unidos. Possui MBA em Gestão de Projetos na FGV Rio. Ele é apaixonado por futebol, fotografia e histórias. https://br.linkedin.com/in/morgandierstein